Skip to content

Semana 6

04/10/2017

Semana 6

Henry Ford

Boa tarde Semiostudents ;)

Demorou, mas já tá disponível a tarefa da próxima semana. São 6 casos clínicos que devem ser respondidos e impressos, para serem entregues na aula de semana que vem com a prof. Ana Cristina sobre o tema Linfonodomegalia.  Como sempre, esses casos serão discutidos em sala durante a atividade (se preparem!).

Qualquer dúvida, procurem seus monitores ou professores.

Boa semana a todos.

GRUPO 1- Caso clínico

Id: PA,  26 anos, sexo masculino, branco, solteiro, natural de Navegantes , morador de Itajaí, pedreiro.  

QP: Inguas 

HDA: Paciente com quadro de linfonodomegalias generalizadas e febre diária há 3 semanas. Refere perda de peso de 5Kg em 1 mês. Nega dispneia, tosse, disuria, ou alterações urinárias.  

HPP: Previamente hígido. Relata cirurgia prévia de apendicectomia, aos 15 anos. Nega alergias ou transfusões prévias. 

HF: Mãe com 54 anos, portadora de HAS e DM. Pai 55 anos hígido. Não possui irmãos 

HSF: Usuário de drogas injetávies há 6 anos. Nega etilismo. Nega relacionamento fixo, no ultimo anos, teve 12 namoradas diferentes. Mora em casa de alvenaria com saneamento básico. Nega alterações de desenvolvimento. 

Exame físico: 

BEG, corado, hidratado, LOC, eupnéico, acianótico, anictérico, boa perfusão capilar, eutrófico. 

Cabeça e pescoço: Presença de linfonodomegalias, dolorosas a palpação, em toda região cervical, com 1,5cm, móvel e fibroelastico. Tireóide impalpável. 

ACV: Ictus cordis não visível e  não palpável. Ritmo cardíaco regular, em 2T, sem sopros. Ausencia de turgência de jugular a 45º. 

AR: Expansibilidade pulmonar preservada. Murmúrio vesicular presente, sem RA. FTV presente e simétrico. Som claro pulmonar à percussão. 

AGI: Globoso, indolor a palpação superficial e profunda, ausencia de massa ou visceromegalia, peristalse presente. 

MM: Ausencia de edemas, panturrilhas livres, pulsos periféricos palpáveis e siméticos. 

PA 120X80mmHg; FC 119bpm; FR 18ipm; Temp. axilar 38,4º, Sat. O2 94% 

Questões: 

  1. Quais são suas hipóteses diagnósticas? Justifique 
  1. Gostaria de questionar o paciente sobre mais alguma informação? 
  1. Solicitaria algum exame complementar? 

 

 GRUPO 2- Caso clínico

Id: CP,  24  anos, sexo feminino, negra, solteira, natural e residente de Itajaí, secretária.  

QP: Artralgia  

HDA: Pacientepreviemante hígida, com quadro de dor articular em mãos, punhos e joelhos, associada a edema, mesmo em repouso. Concomitantemente relata aparecimento de lesões faciais quando exposta ao sol, e urina com espuma há 5 meses. Nea disuria, hematúria, traumas ou demias sintomas 

 

HPP:. Nega internações prévias. Relata que faz uso de anticoncepcional oral. Nega alergias ou transfusões prévias. 

HF: Mãe com 52anos, portadora de HAS e DM. Pai com 58 anos, hígido.  Possui uma irmã sem patologias.  

HSF: Nega etilismo e tabagismo. Mora em casa de alvenaria com saneamento básico. Possui 3 cachorros. Nega alterações de desenvolvimento. 

Exame físico: 

BEG, corada, hidratada, LACO, afebril, acianótica, anictérica, perfusão discretamente mantida, eutrófica. 

Cabeça e pescoço: Presença de linfonodomegalias generalizadas, dolorosas a palpação, com 1,6 cm, fibroelastica. Tireóide impalpável. Presença de lesão simetrica em face. 

ACV: Ictus cordis não visível e  não palpável. Ritmo cardíaco regular, em 2T, sem sopros. Ausencia de turgência de jugular a 45º. 

AR: Expansibilidade pulmonar preservada. Murmúrio vesicular presente, porem diminuido em base direita. FTV presente a esquerdo e abolido em base direita. Som claro pulmonar à percussão a esquerda e macicez à direita. 

AGI: Globoso, indolor a palpação superficial e profunda, ausencia de massa ou visceromegalia, peristalse presente. 

MM: Edema 1+/4+ em MMII, sem empastamento da panturrilha ipslateral, pulsos periféricos palpáveis e siméticos. 

PA 130X80mmHg; FC 104bpm; FR 22ipm; Temp. axilar 36,2º, Sat. O2 92% 

Questões: 

  1. Quais são suas hipóteses diagnósticas? Justifique 
  1. Gostaria de questionar o paciente sobre mais alguma informação? 
  1. Solicitaria algum exame complementar? 

GRUPO 3- Caso clínico

Id:  GD,  70 anos, sexo masculino, leucodermo, casado, natural de Lages e residente de Camboriu, contador aposentado.  

QP: Emagrecimento 

HDA: Paciente comparece com quadro de emagrecimento severo nos ultimos 3 meses (mais de 25 Kg). Relata dispneia aos medios esforços há 3 semanas, com piora progressiva. Há 1 dia com escarro hemoptóico.  

HPP: HAS há 15 anos, em tratamento regular com captopril 100mg/dia. Diabético há 13 anos em uso de glibenclamida e metformina. Relata angioplastia há 10 anos. Nega alergias ou transfusões prévias. 

HF: Mãe falecida aos 64 anos por “doenças no coração”. Desconhece o pai.  Possui 2 irmãos higidos. 

HSF: Tabagista há 60 anos (80m/a). Nega etilismo. Mora em casa de alvenaria com saneamento básico. Não tem animais. Nega alterações de desenvolvimento. 

Exame físico: 

REG, hipocorado (2+/4+), hidratado, emagrecido, eupneico, acianótico, anictérico, perfusão discretamente mantida. 

Cabeça e pescoço: presença de linfonodomegalias cervicais e axulares, de 2,5cm, dolorosas a palpação, aderida a planos profundos. Tireóide impalpável. 

ACV: Ictus cordis não visível e  não palpável. Ritmo cardíaco regular, em 2T, sem sopros. Ausencia de turgência de jugular a 45º. 

AR: Expansibilidade pulmonar preservada. Murmúrio vesicular presente, sem RA. FTV presente e simétrico. Som claro pulmonar à percussão. 

AGI: Globoso, indolor a palpação superficial e profunda, ausencia de massa ou visceromegalia, peristalse presente. 

MM: Edemas (1+/4+), pulsos periféricos palpáveis, porem diminuidos. 

PA 150X90mmHg; FC 108bpm; FR 20ipm; Temp. axilar 36,2º, Sat. O2 94% 

Questões: 

  1. Quais são suas hipóteses diagnósticas? Justifique 
  1. Gostaria de questionar o paciente sobre mais alguma informação? 
  1. Solicitaria algum exame complementar? 

 

GRUPO 4- Caso clínico

Id: FLI,  15 anos, sexo masculino, leucodermo, solteiro, natural Navegantes e residente de Itajaí, estudante.  

QP: Dor de garganta 

HDA: Paciente relata que tem apresentado febre e odinofagia. Diz que há 8 dias está inapetente, evolui com cefaléia e mialgia,  há 3 dias teve inicio febre e odinofagia e aumento de linfonodos em região cervical, procurou atendimento em PA onde foi realizada uma dose IM de penicilina benzatina. Sem melhora, refere que após atendimento desenvolveu rash cutâneo. Fez uso de paracetamol nesses dias, última dose a 4h. 

HPP: Nega internações prévias. Nega alergias ou transfusões, não faz uso de medicações, nega alergias. 

HF: Nega doenças na família, pais hígidos, possui 3 irmão em casa sem prodrômos semelhantes. 

HSF: Mora em casa de alvenaria, refere boa ingesta alimentar quantativamente e qualitativamente, até início dos sintomas. Relata já ter tido relações sexuais com uso de preservativo. Não possui namorada. 

Exame físico: 

BEG, afebril, corado, hidratado, eupneico, acianótico, anictérico, perfusão mantida. 

Cabeça e pescoço: presença de linfonodomegalias cervicais e axilares, de 1cm, indolores a palpação, móveis de consistência fibroelástica. Tireóide impalpável. Oroscopia: Presença de hiperemia e placas em amígdalas 

ACV: Ictus cordis não visível e  não palpável. Ritmo cardíaco regular, em 2T, sem sopros. Ausencia de turgência de jugular a 45º. 

AR: Expansibilidade pulmonar preservada. Murmúrio vesicular presente, sem RA. FTV presente e simétrico. Som claro pulmonar à percussão. 

AGI: Plano, indolor a palpação superficial e profunda, baço palpável e fígado palpável a 1cm do reborto costal, peristalse presente. 

MMII: Sem edemas, pulsos periféricos palpáveis bilateral e simétricos. 

PA 120X80mmHg; FC 90bpm; FR 18ipm; Temp. axilar 37º, Sat. O2 99% 

Questões: 

  1. Quais são suas hipóteses diagnósticas? Justifique 
  1. Gostaria de questionar o paciente sobre mais alguma informação? 
  1. Solicitaria algum exame complementar? 

 

GRUPO 5- Caso clínico

Id: PRM,  22 anos, sexo feminino, melanoderma, casada, natural e residente de Itajaí, paisagista.  

QP: Aparecimento de ínguas 

HDA: Paciente que há 10d tem apresentado astenia, a qual não deu muita importância. Há 3 dias apresentou aumento de linfonodo único em região cervical posterior, não iria procurar atendimento, porém seu marido preocupado, pediu para que procurasse atendimento. 

HPP: Nega internações prévias. Nega alergias ou transfusões, não faz uso de medicações, nega alergias. 

HF: Mãe falecida por linfoma, pais portador de DM e HAS. Não possui irmãos. 

HSF: Mora em casa de alvenaria, refere boa ingesta alimentar quantativamente e qualitativamente. Relata estar tentando engravidar. Relata que tem 3 gatos que vivem soltos, e dormem juntos com casal. 

Exame físico: 

BEG, afebril, corado, hidratado, eupneico, acianótico, anictérico, perfusão mantida. 

Cabeça e pescoço: presença de linfonodo aumentado em região cervical posterior de 1,2 cm, indolor a palpação, móvel de consistência fibroelástica. Tireóide impalpável.  

ACV: Ictus cordis não visível e  não palpável. Ritmo cardíaco regular, em 2T, sem sopros. Ausencia de turgência de jugular a 45º. 

AR: Expansibilidade pulmonar preservada. Murmúrio vesicular presente, sem RA. FTV presente e simétrico. Som claro pulmonar à percussão. 

AGI: Plano, indolor a palpação superficial e profunda, sem viceromegalias, peristalse presente. 

MM: Sem edemas, pulsos periféricos palpáveis bilateral e simétricos. 

PA 130X80mmHg; FC 72bpm; FR 14ipm; Temp. axilar 36,2º, Sat. O2 98% 

Questões: 

  1. Quais são suas hipóteses diagnósticas? Justifique 
  1. Gostaria de questionar o paciente sobre mais alguma informação? 
  1. Solicitaria algum exame complementar? 

 

GRUPO 6- Caso clínico

Id:  GSF,  65 anos, sexo masculino, leucodermo, viúvo, natural de Videira e residente de Camboriu, pintor.  

QP: Dificuldade para engolir 

HDA: Paciente  relata que a 3 meses vem apresentado disfagia de condução, para alimentos sólidos, relata ter tido um episódio que se engasgou tomando água, apresentou alguns episódios de vômitos após. Relata também aparecimento de tumefação única em região supraclavicular superior  a E, com aparecimento a 1 mês. Diz ter emagrecido 10kg últimos 6m.  

HPP: HAS há 15 anos, em tratamento regular com betabloqueador e IECA. Cirurgia de catarata a 3 anos. DRGE a 30a em uso de IBP quando necessário. Nega alergias ou transfusões prévias. 

HF: Mãe e pai falecidos aos 65 e 62 anos por câncer (não sabe informar detalhes), pai também portador de HAS.  Possui 2 irmãos portadores de HAS. 

HSF: Relata que foi alcoolista por 30 anos mas parou de beber, ex-tabagistahá 5 anos (40 a/m). Mora em casa de alvenaria com saneamento básico. Não tem animais.  

Exame físico: 

REG, hipocorado (3+/4+), hidratado, emagrecido, eupneico, acianótico, anictérico, perfusão discretamente mantida. 

Cabeça e pescoço: presença de linfonodomegalia  supraclavicular E, de 2,5cm, rígidos, aderidos a planos profundos, indolores. Tireóide impalpável. 

ACV: Ictus cordis não visível e  não palpável. Ritmo cardíaco regular, em 2T, sem sopros. Ausencia de turgência de jugular a 45º. 

AR: Expansibilidade pulmonar preservada. Murmúrio vesicular presente, sem RA. FTV presente e simétrico. Som claro pulmonar à percussão. 

AGI: Globoso, indolor a palpação superficial desconforto a palpação profunda, ausencia de massa ou visceromegalia, peristalse presente. 

MM: Sem edemas, pulsos periféricos palpáveis. 

PA 145X90mmHg; FC 90bpm; FR 18ipm; Temp. axilar 36,2º, Sat. O2 95% 

Questões: 

  1. Quais são suas hipóteses diagnósticas? Justifique 
  1. Gostaria de questionar o paciente sobre mais alguma informação? 
  1. Solicitaria algum exame complementar? 

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: